O que é MVP… De uma forma diferente

O que é MVP? É algo que pode mudar a sua vida, como guinou a minha, se usado como lifestyle. 🥰🚀

Além de um termo bem conhecido em Startups e Gerenciamento de Projetos Digitais, MVP é uma metodologia eficiente pra você começar a pôr logo em prática os seus projetos, inclusive pessoais, daqui pra frente… Você vai entender! 👇

O que é MVP?

MVP é a sigla de Minimum Viable Product que significa PRODUTO MÍNIMO VIÁVEL. Também, significa Most Valuable Player (termo da NBA de jogador mais valioso da liga norte-americana de basquete).

O produto pode ser um site, um aplicativo, ou mesmo um serviço ou algo físico.

No MVP, o produto deve ter o mínimo de recursos possíveis aplicados e manter a sua função de solucionar o problema para o qual foi criado.

Veja a essa imagem e vai ser muito mais fácil pra visualizar na prática o que é MVP 😂.

MVP. Se funciona, não é tolice

Uma expressão em inglês, fala: “if it works, it’s not dumb”. Na tradução fica:

“Se funciona, não é burrice.”

Concorda? Eu, sim! 

Para que serve MVP?

A principal intenção de fazer um MVP é lançar, o quanto antes, uma primeira versão de um produto funcional para o uso das pessoas.

Dessa forma, veremos mais rapidamente a reação delas, saberemos a aceitação e se ele funciona mesmo. 🤳

Analisando os relatos e usos do usuário final dessa  versão essencial, podemos, na fase inicial de um projeto, já desenvolver algo melhor e um pouco mais completo em seguida. Ou, cancelar tudo se tiver sido um desastre, economizando tempo e dinheiro. ⏳💸

Uma máxima de usabilidade é dito pelo famoso autor do livro da área, “Não me faça pensar”, Steve Krug:

“É mais fácil e menos caro consertar problemas de usabilidade no início.”

A frase foi usada no livro “Descomplicado Coisas que Parecem Complicadas” sobre aplicar testes de usabilidade em sites em desenvolvimento. Estes testes devem ser feitos com pessoas que não fazem parte da equipe do projeto.

Usei essa frase também na palestra sobre UX/Experiência do usuário para o conexão Kinghost que está neste link.

A lição que Steve Krug traz, endossa o MVP: Não espere ter algo completo para ver se funciona com outras pessoas, pois, o custo e tempo depois para corrigir, será muito maior.

Diferença entre MVP e Prototipagem

Importante ressaltar que, no caso de MVP, o produto não é um protótipo, é uma versão essencial e inicial de um projeto ou fase! 😉

Para quem trabalha com projetos digitais e outros e conhece prototipagem, entenda que MVP é além de um protótipo.

Você pode ter um protótipo para lançar um MVP, e o MVP terá que estar realmente funcional e publicado para uso final.

O que é MVP

Note na imagem o que é MVP: inicialmente um carro é representado por um skate, não por um pedaço do carro, pois o pedaço de carro não anda.

Todas as versões do MVP, desde a primeira super simples, foi possível se locomover com controle sobre rodas – que é a função essencial do produto final. 

MVP na prática com exemplos pessoais

Pessoalmente comecei a fazer do MVP como um estilo de vida, para não deixar de executar as ideias mesmo que elas estivessem incompletas.

MVP deste Site e Blog

Um exemplo é este meu próprio site. Ele foi sendo completado em conteúdo, organização e layout ao longo do tempo.

Sempre deixei a estética por último e não foquei muito nisso ou me dei por satisfeita — mas conscientemente escolhi começar a publicar mesmo com uma cara imperfeita, sem categorias definidas e sem portfólio, em 2012.

De lá pra cá, ele já monetizou legal através de publicidade aqui no blog, além de ter me aberto boas oportunidades profissionais e de parcerias (se quer saber mais sobre isso, comente “quero monetizar”).

Desprender do meu perfeccionismo de querer definir embasadamente tudo de algo grande e complexo antes de publicar, foi uma guinada positiva e mudança na minha vida.

Entenda, eu sempre tenho muitas ideias e elas morriam no papel quando chegavam em partes mais trabalhosas. Desistia antes de começar de verdade, sabe?

É desmotivante você ver o trabalho que dará, podendo dar tudo errado, sem sentir ainda qualquer gosto de sucesso ou ter uma ideia prática se funcionará…

Depois de dedicar muito tempo projetando e desenhando um site perfeito do zero, publiquei o site WordPress com um template existente, fui fazendo posts bem específicos das soluções a problemas que eu encontrava nas minhas atividades e pesquisava sobre (principalmente em desenvolvimento web), e comecei a ver Resultado através de visitas ao meu site.

MVP até no SEO

Essas visitas ao meu site vieram pelas estratégias básicas que apliquei de SEO (otimizações pra mecanismos de busca). Admito que, até isso, foi um “MVP”: eu não parei pra fazer um estudo profundo de palavras-chave de cada post — eu sabia que não faria isso naquele momento, meu tempo era escasso e focado em resolver os problemas sobre os quais eu escrevia rapidamente.

Na prática, naquele momento: OU eu fazia posts com o conhecimento tácito de SEO que eu tinha, OU não postava. O essencial que eu aplicava já me tornava encontrável nos mecanismos de busca.

Se me ocupasse tempo demais, não valeria a pena naquele momento, e o quanto antes o material estivesse no ar, mais rápido eu começaria a ganhar financeiramente com publicidade e visibilidade profissional.

Além de tudo, na internet, temos a possibilidade de mudar e ampliar um conteúdo após ele ser postado em um site, muito facilmente (normalmente). Então, naturalmente, quando tinha mais tempo, melhorava as publicações, começando pelas que eram mais populares.

Outros exemplos meus de MVP

Tenho vários outros exemplos pessoais que só existem porque comecei com o básico, antes do que originalmente planejava.

O site My Café Recipes é um deles que funciona de forma essencial e simples, já teve melhorias e, até hoje, tem uma lista de complementos a fazer. Ele está já há 4 anos trazendo rendimentos com publicidade.

O experimenteieresenhei também.

Entre outros… 😄

Os benefícios do MVP lifestyle

A exemplo deste meu site e blog, fazer as publicações solucionando problemas que eu encontrava e começar a ver as visitas chegando ao meu site pelo Google, foi motivador. Uma prova de que estava funcionando. 🙌

Além disso, até me gerou uma pressão positiva em continuar e melhorar mais o site agora que via meu trabalho como uma utilidade e estando público e cada vez mais visto.

Vejo uma ligação de o que é MVP com uma conhecida frase do ex-presidente dos EUA, Theodore Roosevelt:

“Faça o que você pode com o que você tem no lugar que você está.”

É nesse sentido que adoto como um estilo de vida.

Murilo Gun publicou um vídeo massa do trecho de uma palestra sobre colecionar inputs (informações) X usá-los na prática:

https://www.instagram.com/tv/B_C_NuHJC36/?igshid=myo44wrpodxg

Ponha em prática o seu projeto ao invés de ficar buscando a perfeição eterna. Ouse começar com o que você já tem de útil.

Considerações sobre várias MVPs e foco

Importante lembrarmos o que é MVP: é uma versão inicial funcional, com o essencial. Sendo melhorado e ampliado, o projeto deve ter um potencial muito maior.

Cuidado pra não criar vários MVPs, perder o foco e talvez desperdiçar um grande projeto de atingir o seu potencial máximo.

Lembre-se que, normalmente, 80% dos nossos rendimentos são provenientes de 20% dos nossos produtos/serviços (conforme a Lei de Pareto, se quiser pesquisar mais sobre). 🧐

Saber qual o seu produto/serviço estrela e vaca leiteira é essencial para destinar o seu foco no que é mais rentável (pesquise sobre Matriz BCG se quiser entender mais sobre isso).

Ótima coisa para se ler agora nessa pandemia, né? 😉

Você possui projetos engavetados?

O que falta para começar? 🚀