Análise competitiva do app Táxi Mobi – Jornal Ei, Táxi! – Maio 2019

Fui convidada a escrever uma análise do aplicativo e serviço Taxi Mobi e o que ele precisaria para emplacar. Trata-se de um app concorrente do Uber e outros da categoria, com o aproveitamento da frota de Táxi, e promovido pela Prefeitura de Salvador. A análise foi publicada no jornal “Ei, Taxi!” daqui da Bahia.

O tempo todo li e ouvi falar sobre a disputa pelo Preço do serviço em relação aos concorrentes, mas não vi muita discussão sobre o seu Valor para o usuário! 😉

Matéria publicada na ed. ano VIII, nº 104 – maio 2019, BA

Texto original entregue

O que o Táxi Mobi traz de diferente pro usuário?

Não é segredo: um produto ou serviço, para sobreviver a um mercado com concorrentes, precisa de um diferencial. “Por que eu vou usar o aplicativo Táxi Mobi ao invés dos outros?”.

Essa resposta deve estar associada ao que o serviço faz a mais, ou faz diferente.

O diferencial precisa ser percebido pelo usuário do serviço quando ele o usa, principalmente se ele possui preços mais altos. Ser mais barato ou caro, é algo relativo ao perfil do público-alvo. Se o serviço do Táxi Mobi possui um preço mais alto, ele deve também agregar mais valor para quem o usa.

Na prática, um usuário pode aceitar pagar mais se ele usufruir de: uma qualidade do atendimento que supere expectativas, algo que proporcione uma segurança a mais, um conforto maior dentro dos carros, uma aplicativo mais bonito, fácil e ágil, que torne a experiência de uso prazerosa e apaixonante… Ou mesmo um programa de recompensas para colaborar com a fidelização. Não é necessário ser excelente em todos os quesitos, mas é ser aceitável em todos. E, para sobreviver à concorrência, se destacar em algum mais do que os concorrentes.

Descontos movimentam o uso principalmente quando a disputa é por preço. Contudo, se o preço não pode ser menor, é essencial entregar, no serviço, aquilo que “paga a diferença”! O Táxi Mobi, ao meu ver, precisa de um aplicativo mais amigável e atraente, e deixar claro aos usuários o que ele provê que nenhum outro faz. Assim, ele poderá prosperar.

 

[Resolvido] Erro: Você enviou um APK com um certificado que ainda não é válido.

Você precisa enviar o APK ao Google Play pra publicar seu aplicativo pelo Developer Console, mas recebe a seguinte mensagem:

O envio falhou

Você enviou um APK com um certificado que ainda não é válido. Assine seu APK com um certificado atualmente válido. Saiba mais sobre como assinar.

Pesquisou e ainda não sabe o motivo? Mesmo sem saber o motivo é possível solucionar. Aparentemente algum bug ou demora do Developer Console que pode ser solucionado mudando a data do sistema do seu computador! Faça o seguinte e resolva em 3 passos:

  1. Troque a data do sistema do seu computador para 2 dias atrás.
  2. Crie uma nova keystore
  3. Gere um novo APK e reenvie pelo Developer Console.

Por algum motivo, isso parece funcionar entre várias pessoas que sofrem com este problema! Inclusive foi o que resolveu com um projeto em que estive envolvida. Alguns relatos dizem que o problema solucionou sozinho aguardando várias horas.

Fonte: APK signed with a certificate that is not yet valid (stackoverflow)

Qual será o endereço do meu aplicativo no Google Play?

Após publicarmos um app pelo Developer Console, pode demorar cerca de 3h para que ele apareça nas buscas no site do Google Play.

Para saber qual será o endereço do aplicativo no Google Play antes dele estar visível na loja, siga o modelo abaixo:

https://play.google.com/store/apps/details?id=PACKAGE.DO.APP

Trocando o “PACKAGE.DO.APP” pelo package do seu aplicativo.

Por exemplo:

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.unifacs

Veja também: Qual o package do meu aplicativo no Google Play?

Qual o package do meu aplicativo no Google Play?

A informação do package pode ser muito útil caso  queira saber qual será o endereço do seu aplicativo Android no Google Play.

Como saber qual o package do meu aplicativo?

  1. Entre no Developer Console
  2. Clique em “Todos Aplicativos”
  3. Clique no aplicativo que deseja saber o endereço do Google Play
  4. No topo da página, ao lado direito do título, estará escrito o package do o seu app, conforme imagem abaixo:

Veja também: Qual será o endereço do meu aplicativo Android no Google Play?

Diferença entre Aplicativos Nativos, Híbridos e Mobile Web Apps

Aplicativos Nativos

Lojas mais populares da atualidade onde baixam-se aplicativos para tablets e smartphones.

Os aplicativos nativos residem no dispositivo smartphone/tablet e podem ser acessados através de ícones na tela principal. Eles são instalados através de um aplicativo de loja (como Google Play do Android e App Store da Apple). Sendo desenvolvidos especificamente para tal plataforma, podem aproveitar todas as funcionalidades do sistema operacional do dispositivo, como: câmera, GPS, acelerômetro, bússola, lista de contatos etc. Também é possível aproveitar uso de gestos, sistemas de notificação nativos do sistema operacional e funcionar sem conexão com a internet caso o conteúdo esteja embarcado.

Mobile Web Apps

Web apps não são aplicativos rais. Na realidade são sites que, de diversas formas, parecem com um aplicativo nativo. Eles são executados através de um navegador e tipicamente escritos em HTML5. Os usuários o acessam inicialmente como fariam com um site: eles acessam determinada URL e tem a opção de “instala-lo” na tela principal do seu dispositivo criando um atalho para aquela página.

São acessíveis funcionalidades semelhantes a um aplicativo nativo, como:

  • esconder botões do navegador
  • gestos de navegação
  • com o cache do navegador, visualiza-lo offline
  • usar GPS
  • link para ligação direta

Recursos ainda inacessíveis através de um navegador (web app):

  • uso de notificações do sistema operacional
  • execução em segundo plano
  • informações do acelerômetro (além de detectar orientação vertical ou horizontal)
  • gestos complexos.
adicionando página web à tela inicial do Android.
Adicionar uma página à tela inicial permite inclusive personalizar o ícone no iOS

Aplicativos Híbridos

Os aplicativos híbridos são parcialmente nativos e parcialmente web apps. Como os nativos, eles devem ser baixados através de um aplicativo de loja (como Google Play do Android e App Store da Apple), ficam armazenados na tela principal do dispositivo e podem aproveitar todas as funcionalidades do dispositivo (câmera, GPS, acelerômetro, gestos etc). Como web apps, eles podem ser baseados em HTML5 e exibidos através de um navegador embutido no aplicativo, tendo parte ou conteúdo total carregado da web.

Os aplicativos híbridos são populares porque permite desenvolvimento multiplataforma, utilizando o mesmo HTML para diferentes sistemas operacionais – como através de ferramentas como CordovaPhoneGap e Sencha Touch permitem, inclusive compilando para o formato nativo -, reduzindo custos de produção.

 

Aplicativo Nativo, Web App, ou Híbrido: Qual escolher?

Cada um tem suas vantagens e desvantagens:

Funcionalidades do dispositivo: Embora web apps possam aproveitar várias funcionalidades, existe uma enorme gama de ferramentas específicas do dispositivo e sistema operacional disponíveis apenas para aplicativos residentes (aplicativo nativo ou híbrido).

Funcionamento offline: Um aplicativo nativo é melhor se for necessário funcionar sem internet. Cache no navegador é possível no HTML5, mas ainda é limitado comparado ao nativo.

Descoberta: Web aplicativos são mais facilmente descobertos, pois o conteúdo está simultaneamente na web. Dessa forma, quando um usuário usa um sistema de busca procurando uma informação específica, pode encontrar a resposta no web app facilmente (a maioria dos usuários preferem não ter que instalar e manter aplicativos que não usem com muita frequência).

Velocidade: Aplicativos nativos são mais rápidos por terem acesso direto ao sistema operacional e serem programados específicos na linguagem nativa do dispositivo.

Instalação: a maioria dos usuários não gosta de instalar aplicativos. Entretanto, mesmo que adicionar um uma página da web à tela de início seja mais simples, é um processo menos familiar ainda aos usuários.

Manuntenção: A manutenção de aplicativos nativos pode ser complicada não apenas para os usuários (que deverão ficar atentos às atualizações) mas principalmente para desenvolvedores, principalmente quando precisam dar suporte à diferentes plataformas: as mudanças devem ser enviadas a cada loja. Enquanto isso, web apps  e híbridos podem ser atualizados com a frequência necessário, como uma página na internet.

Independência da plataforma: Enquanto diferentes navegadores devem prestar suporte a diferentes versões do HTML5, se independência da plataforma é importante é melhor optar por aplicativos híbridos e web apps, pois pelo menos parte do código pode ser reutilizada.

Restrição de conteúdo, processo de aprovação e taxas. No momento em que é desenvolvido um aplicativo nativo ou híbrido, é necessário enviá-lo à loja que tem seus próprios termos de uso ao qual o aplicativo será submetido. Na App Store da Apple é necessário passar por teste de qualidade antes da publicação. Em contrapartida, a web é facilmente acessível para publicação.

Custo de desenvolvimento: É muito mais barato desenvolver web apps e aplicativos híbridos, pois eles requerem conhecimento em linguagens web que pode ter sido previamente obtido e ainda ser usado para diferentes plataformas. Desenvolvendo um aplicativo nativo exige conhecimentos de uma linguagem específica.

Interface do usuário: Se uma de suas prioridades for prover uma experiência consistente ao sistema operacional e aos outros aplicativos da plataforma, então dê preferência ao aplicativo nativo. Isso não significa que não seja possível realizar um bom aplicativo sendo ele web app ou aplicativo híbrido, mas o visual e experiência não será a mesmo que a que os usuários estão acostumados.

Resumidamente, cada caso pede uma solução específica. Baseado nos critérios acima cabe ao desenvolvedor avaliar qual aplicativo atende o projeto da melhor forma.

Fonte: Traduzido e adaptado do artigo Mobile: Native Apps, Web Apps, and Hybrid Apps (Nielsen Norman Group)

App EasyFit no Startup Weekend Salvador 2013

Criação de identidade visual e interface gráfica da ideia do aplicativo mobile EasyFit que propõe pay-per-use em academias de diferentes cidades.

Produção gráfica:

Conteúdo todo desenvolvido no Sábado e Domingo (14 e 15/09/2013) no evento #swssa

Redes sociais do EasyFit: