Opinião sobre o carro Citroën C3 Tendance 2014 1.5 Flex após mais de 1 ano de uso

Resumo: Características não muito óbvias que gostei e não gostei, e comparação com o carro Volkswagen Polo Hatch Flex 2008.

Aqui vou dar minha opinião leiga, de mero usuário que presta atenção nos detalhes. Uma opinião bastante concisa de uma pessoa bem entendida de carro pode ser encontrada aqui: http://suzanecarvalho.blogosfera.uol.com.br/category/lancamento-2/page/4/, e o site oficial com detalhes do C3 é o seguinte: http://www.citroen.com.br/novo-c3

C3_EXCLUSIVE_360_00001-ff683cd5db7a2da42e0239a6c989cfe5

Utilizei o carro Citroën C3 Tendance 2014 1.5 Flex por 1 ano e 3 meses. Neste período:

O que gostei

  • Me acostumei tanto com o amplo para-brisa zenith que me sinto espremida quando estou em outro carro. Abrir e fechar a “cortina” dele é extremamente fácil e possível de se fazer sem desviar o olhar da frente, e enquanto dirige.
  • Ele é muito silencioso e estável em movimento, embora seja um carro um pouco alto (o que é bom para não ralar a parte inferior da frente).
  • Ele é econômico. O tanque comporta 55l e consigo fazer entre 10 e 12km/l na cidade e cerca de 14 ou 15km/l na estrada com gasolina.
  • O viva voz dele é funcional e ele e as caixas fornecem som de ótima qualidade. Pareei já 2 celulares via bluetooth e todos me ouvem muito bem, assim como ouço extremamente bem – ao contrário do que acontece quando falo com pessoas que estão no viva voz de outro carro (como experimentei no Ford New Fiesta 2014 e Honda Fit 2014).
  • O porta-luvas dele é enorme! Cabem bolsas grandes ali, junto com outras coisas menores (como caixa de óculos). Além disso, há possibilidade de abrir uma saída de ar condicionado específica para aquela área, para manter bebidas frescas, por exemplo
  • O controle do som auxiliar atrás do volante é bem prático. Sem desviar o olhar, você tateia e aperta para mudar de música, aumentar volume, ou trocar de CD para rádio ou USB…
  • O computador de bordo com informações de consumo e autonomia do tanque.
  • A embreagem é bem alta, parece que expulsa seu pé, assim como o freio também é bem alto e bastante sensível. Vejo vantagem nisso porque você precisa de menos esforço nas pernas no ato de apertar a embreagem e de freiar.
  • As marchas do câmbio encaixam bem e pessoalmente acho muito mais prático a ré ficar onde seria a 6ª marcha.
  • direção elétrica, que é extremamente leve em baixas velocidades.

O que não gostei

  • Me cortei 3 vezes em peças de plástico afiadas:
    • Uma foi no primeiro dia que peguei o carro, cortei o dedão nas bordas afiadas de plástico da cavidade onde tem o puxador para ajustar a altura do volante.
    • Outra foi entrando rapidamente e fechando a porta do carro, minha mão ralou no ponto de encaixe do plástico afiado do apoio interno da porta
    • A terceira vez também foi no mesmo local do apoio de braço interno da porta.
  • Não é possível ficar com o carro ligado sem farol aceso, pois ao desligar os faróis, os LEDs diurnos acendem automaticamente. Isso é muito ruim se você quiser que pareça que não tem ninguém no carro, e ao mesmo tempo tendo que estar com o carro ligado e engatado pronto para sair (por questões de segurança, quando se está esperando alguém em um local perigoso, por exemplo).
  • Com o tempo, começaram a ranger algumas peças de metais, provavelmente da base dos bancos
  • O farol de neblina traseiro possui apenas uma lâmpada!
  • Não tem gavetinha embaixo do banco :(
  • Parece que houve alguma intenção em colocar uma área útil para deixar objetos em cima do painel e embaixo do som, mas nada do que se coloque ali fica depois da primeira curva.
  • Senti falta de um porta copo próximo do motorista (por isso derramei café, água, milkshake, refrigerante… toda vez que tentei colocar na cavidade atrás do freio de mão). Existe uma base que fica no lado interno da tampa do porta-luvas, mas não é próximo suficiente nem prático de uso para quem está dirigindo.
  • É difícil dar buzinas rápidas, porque ela só é acionada se você mantê-la pressionada. Se você bater no volante, não sai som.
  • E por que não constar que é irritante o fato de o limpador de para-brisa não alcançar todo o topo dele? rs. Na verdade, o irritante mesmo é que SEMPRE depois que jogamos água e ligamos o limpador, quando ele termina e está quase completamente seco, escorre um fio de água do topo até embaixo no MEIO do para-brisa. Isso porque quando a palheta está no seu ponto mais alto, ela leva e deixa um pequeno acúmulo de água em cima que acaba por escorrer exatamente logo depois que o vidro está praticamente seco! :D

c3 painel

Comparação com o Volkswagen Polo Hatch 1.6 Flex 2008

Anteriormente eu dirigia um Volkswagen Polo Hatch 1.6 Flex 2008. Naturalmente, trocando de carro não tive como deixar de compará-los embora sejam de categorias diferentes. Como o C3 é o carro de entrada da Citroën, não é difícil dizer que os seguintes pontos perdem pro antigo Polo:

  • O Polo é um carro mais sofisticado e de melhor qualidade de material da cabina (ele é todo mais “macio”, você sente desde o acolchoado do banco até o tipo de plástico em todo ele, além do acabamento sem pontas afiadas :p).
  • O som do Polo consegue ser ainda melhor que o do C3, embora não tivesse viva voz (estou comparando com o modelo de 2008 que dirigia)
  • Tem gaveta embaixo do banco, porta copo e porta trecos mais eficientes e seguros
  • Mesmo após 5 anos de uso o Polo não apresentou barulhos de metais rangendo :p
  • O Polo 1.6 é mais potente (responde mais rápido à aceleração), o que é esperado, pois o C3 de comparação é 1.5.
  • O Polo Hatch ocupa menos espaço (pra mim isso é uma qualidade)! Achei incrível, mas o C3 é todo maiorzinho (mais largo, comprido e alto).
  • As marchas do câmbio do Polo encaixam ainda melhor.

 

Pós Graduanda em MBA em Marketing e Branding e graduada em Design Gráfico, trabalhou principalmente como gerente de operações, gerente de projetos e web developer. Tem experiência no planejamento e processo de aplicativos mobile, design de interface do usuário e especializações como programadora e desenvolvedora de sites usando HTML5, CSS3, jQuery, PHP, MySQL e WordPress.