Análise competitiva do app Táxi Mobi – Jornal Ei, Táxi! – Maio 2019

Fui convidada a escrever uma análise do aplicativo e serviço Taxi Mobi e o que ele precisaria para emplacar. Trata-se de um app concorrente do Uber e outros da categoria, com o aproveitamento da frota de Táxi, e promovido pela Prefeitura de Salvador. A análise foi publicada no jornal “Ei, Taxi!” daqui da Bahia.

O tempo todo li e ouvi falar sobre a disputa pelo Preço do serviço em relação aos concorrentes, mas não vi muita discussão sobre o seu Valor para o usuário! 😉

Matéria publicada na ed. ano VIII, nº 104 – maio 2019, BA

taxi-mobi-app-mobile

Texto original entregue

O que o Táxi Mobi traz de diferente pro usuário?

Não é segredo: um produto ou serviço, para sobreviver a um mercado com concorrentes, precisa de um diferencial. “Por que eu vou usar o aplicativo Táxi Mobi ao invés dos outros?”.

Essa resposta deve estar associada ao que o serviço faz a mais, ou faz diferente.

O diferencial precisa ser percebido pelo usuário do serviço quando ele o usa, principalmente se ele possui preços mais altos. Ser mais barato ou caro, é algo relativo ao perfil do público-alvo. Se o serviço do Táxi Mobi possui um preço mais alto, ele deve também agregar mais valor para quem o usa.

Na prática, um usuário pode aceitar pagar mais se ele usufruir de: uma qualidade do atendimento que supere expectativas, algo que proporcione uma segurança a mais, um conforto maior dentro dos carros, uma aplicativo mais bonito, fácil e ágil, que torne a experiência de uso prazerosa e apaixonante… Ou mesmo um programa de recompensas para colaborar com a fidelização. Não é necessário ser excelente em todos os quesitos, mas é ser aceitável em todos. E, para sobreviver à concorrência, se destacar em algum mais do que os concorrentes.

Descontos movimentam o uso principalmente quando a disputa é por preço. Contudo, se o preço não pode ser menor, é essencial entregar, no serviço, aquilo que “paga a diferença”! O Táxi Mobi, ao meu ver, precisa de um aplicativo mais amigável e atraente, e deixar claro aos usuários o que ele provê que nenhum outro faz. Assim, ele poderá prosperar.